Noticias
Complicações decorrentes do aborto podem comprometer a fertilidade da mulher.
Setembro de 2010

Ha mais de duas decadas, o aborto se mantem como uma das principais causas de mortalidade materna no Brasil. As complicacoes decorrentes do abortamento estao entre as cinco principais causas de internacao das mulheres nos servicos publicos.Em 2004, 243.988 mulheres foram admitidas pelo SUS para se submeterem a curetagem pos-aborto (Fonte: http:// portal.saude.gov.br/saude/ ). No Brasil, a legislacao vigente (o Codigo Penal de 1940) classifica o abortamento provocado como crime contra a vida e contra a pessoa, so autorizando o mesmo nos casos de gravidez resultante de estupro ou que ofereca grave risco para a vida da mae. Milhares de interrupcoes gestacionais sao praticadas de maneira clandestina, por profissionais despreparados e em locais com precarias condicoes de higiene e esterilizacao, causando consequencias que podem comprometer a fertilidade da mulher para o resto da vida.

Segundo o ginecologista Joaquim Roberto Lopes, especialista em Reproducao Humana e diretor do Cenafert, as infeccoes causadas por abortos realizados em condicoes inapropriadas podem acarretar varias consequencias que vao comprometer a capacidade da mulher engravidar novamente. Dentre as implicacoes, o medico cita a obstrucao das trompas e a formacao de aderencias em torno das mesmas, impedindo a coleta do ovulo. Outra complicacao e a Sindrome de Asherman (as sinequias intra-uterinas). A sindrome pode dificultar a gravidez de varias maneiras diferentes, tanto impedindo a passagem dos espermatozoides, como dificultando a implantacao do embriao nos casos em que ocorre a fertilizacao ou ate mesmo impossibilitando, por falta de espaco, o desenvolvimento do embriao ja implantado.


Outras Noticias
Verhum - Video endoscopia e reproduĆ§Ć£o humana
Insemina - Centro de ReproduĆ§Ć£o Humana para Todos
Clique aqui e veja as duas mais frequentes sobre Fertilidade